Internet das coisas

Internet das coisas: o que verdadeiramente é?

Quando tratamos sobre a inovadora Internet das Coisas, muitos ficam com inúmeras dúvidas do assunto ou se limitam a pensar somente nas mais simplistas aplicações e, comumente, naquelas que menos representam de fato a amplitude dessa ferramenta.

Mas, existem grandes chances de cada dia mais essa internet ganhar grande parte da sua vida com suas utilidades, e, para se informar desde já e garantir que não haja mais dúvidas sobre ela, preparamos esse conteúdo completíssimo para você. Pronto? Então continue aqui!

O que é a Internet das Coisas?

O verdadeiro conceito de Internet of Things (IoT), também chamado de Internet das Coisas, é o de uma imensa rede de dispositivos tecnológicos ligados entre si, mas certamente não só presa aos já conhecidos. Seu computador ou celular dependem da internet para cumprirem suas funções, assim também como alguns servidores empresariais.

Mas, o objetivo da IoT é atender as demais máquinas do nosso cotidiano, seja dentro de residências ou em empresas de grande porte, aqueles equipamentos que você sem dúvidas nunca imaginou conectar a redes.

A televisão é um exemplo conhecido de dispositivo que passou de totalmente offline para o mundo online, mas imagine agora essa transformação em seus eletrodomésticos da cozinha, seus utensílios de limpeza e até em lâmpadas e fechaduras. Todos eles podem ganhar alguns novos sensores que possibilitem que se conectem a redes de internet.

Smartwatch
Um dos mais conhecidos exemplos de aplicação da Internet das Coisas é esse dispositivo. Ligado aos dados do celular, o smartwatch é plenamente prático. Aperfeiçoa todas as funcionalidades do celular, monitoram batimentos, frequência de atividades físicas e muito mais.

Automóveis inteligentes
Os carros totalmente autônomos estão a cada dia mais inteligentes graças a inovadora Internet das Coisas. Com essa tecnologia, os veículos podem facilmente comunicar-se com dispositivos móveis e expor diversas informações. Também são completamente capazes de otimizar seu percurso e deixar a direção bem mais segura.

Smarthomes
Em casas já chamadas “inteligentes”, os eletrodomésticos todos se comunicam com um dispositivo celular para possibilitar que o morador da residência gerencie os seus ambientes internos e externos com apenas alguns cliques na telinha. Iluminação, geladeiras, fornos e fechaduras são alguns dos milhares de exemplos dessa funcionalidade da IoT.

Smart Cities
A caracterização de cidades totalmente inteligentes se envolve muitos com as verdadeiras aplicações das tecnologias de melhoria da qualidade de vida de todos. O objetivo é sempre atender a todas as específicas demandas de cada região, o que não possibilita a adoção de mesmas táticas em inúmeros lugares diferentes.

Em Barcelona todo o sistema de coleta de resíduos é automatizado graças a Internet das Coisas, isso porque as lixeiras são, hoje, ligadas a uma rede completamente subterrânea, por exemplo.

Internet das coisas: o que verdadeiramente é? Read More »

A ascensão do 5G no Brasil

O país conquistou o número de 209 municípios com legislação retificada para os pontos de transmissão, após três meses da inserção do 5G em Brasília, a primeira cidade do Brasil a receber a tecnologia.

Os dados foram retirados do Movimento Antene-se, que tem como companheiro entidades de diversas abrangências, como Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel) e Confederação Nacional da Indústria (CNI).

17 de 27 capitais já contam com leis atualizadas para a instalação de antenas da quinta geração de internet móvel, mesmo que todas já disponibilizarem a frequência.

Pouco mais de 15 capitais do Brasil já estão com a tecnologia de redes 5G. Até 28 de outubro esta sexta-feira, todas as capitais de estados terão as redes acessíveis e, a partir de janeiro de 2023, a implantação das redes começará a ser feita de forma gradual nas demais cidades brasileiras, a começar pelas localidades com mais de 500 mil habitantes, como afirmou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Sabendo disso vale ressaltar que o 5g vai ampliar conexões de vários dispositivos à internet, facilitando a internet das coisas implementada em larga escala, reduzindo consumo de baterias, a principal causa do fácil esgotamento nas baterias é a instabilidade de conexões, como o 5G promete a estabilidade, a oscilação será baixa, logo o consumo de bateria será melhor, a baixa latência vai melhorar de forma gradual para o melhoramento de delas na voz ou na imagem de transmissões ao vivo.

A ascensão do 5G no Brasil Read More »

Rolar para cima