Chatbot ChatGPT é proibido na Itália por falhas na proteção de dados pessoais

A recente proibição do ChatGPT na Itália pela Agência de Proteção de Dados do país gerou preocupações sobre a segurança e privacidade dos dados pessoais dos usuários da plataforma. Segundo a agência, a plataforma tinha falhas na proteção de informações sensíveis, como nome, e-mail e informações bancárias dos usuários, levando a uma multa potencial de € 20 milhões se a empresa responsável, OpenAI, não fizesse as atualizações necessárias para garantir a integridade dos dados dos usuários em um prazo de 20 dias. 

Além disso, outras preocupações foram levantadas, incluindo a veracidade das informações fornecidas pelo ChatGPT, a coleta automática de dados e a segurança geral dos dados pessoais. Especialistas sugerem que medidas preventivas, como o uso de senhas únicas e o cadastro de serviços com cartões temporários, devem ser tomadas ao fornecer informações sensíveis. 

A OpenAI já removeu o ChatGPT da Itália e afirmou estar comprometida com a segurança dos dados dos usuários. A empresa também trabalha para reduzir a quantidade de dados pessoais no treinamento de seus sistemas de IA e apoia a regulamentação das IAs. 

A proibição do ChatGPT na Itália pode incentivar outros países a realizar verificações e criar leis para regular a atuação de ferramentas de inteligência artificial, visando a proteção dos dados pessoais dos usuários. O comissário alemão para proteção de dados, Ulrich Kelber, afirmou que a Alemanha pode ser o próximo país a seguir os passos da Itália. As autoridades de proteção de dados na França e na Irlanda também confirmaram ter entrado em contato com o regulador de dados italiano para discutir as descobertas sobre o ChatGPT. 

Enquanto isso, vários municípios na França iniciaram investigações independentes para avaliar os impactos e implicações do uso do ChatGPT, e Montpellier está considerando proibir o ChatGPT para funcionários municipais como medida de precaução. O regulador autônomo do Reino Unido para dados, o Information Commissioner’s Office, afirmou que incentiva avanços na IA, mas está preparado para tomar medidas contra violações das leis de proteção de dados. 

O ChatGPT é um modelo de linguagem de inteligência artificial treinado em uma ampla variedade de dados e capaz de responder a perguntas e realizar tarefas em linguagem natural. No entanto, as preocupações com segurança de dados e privacidade levaram a pedidos de bloqueio ou proibição em alguns países da UE. A proibição na Itália destaca a importância de empresas de tecnologia serem responsáveis e estarem comprometidas com a segurança dos dados dos usuários.