MSS vs. SIEM: Qual é a Melhor Opção para sua Empresa?

A segurança digital é uma das maiores preocupações das empresas na era moderna. Com ameaças cibernéticas que estão sempre em evolução, encontrar soluções certas para proteger os ativos da empresa é crucial. Duas opções que se destacam nesse cenário são os MSS (Serviços de Segurança Gerenciada) um provedor de serviços gerenciados de segurança que oferece gerenciamento e monitoramento de segurança de informações dia e noite (normalmente, 24×7 ou em horário comercial) e o SIEM (Monitoramento de Segurança) uma solução usada para identificar ameaças e vulnerabilidades antes que elas prejudiquem as operações de negócios. Ela oferece monitoramento e análise de eventos em tempo real, rastreamento e registro de dados de segurança para fins de conformidade ou auditoria. Nesse aspecto, hoje exploraremos essas duas abordagens de cibersegurança, sua importância, características, funcionalidades e premiações, além de fazer um Battlecard de comparação das duas soluções.

MSS (Serviços de Segurança Gerenciados)

MSS (Serviços de Segurança Gerenciados)

O MSS, ou Serviços de Segurança Gerenciada, é uma abordagem abrangente de cibersegurança que envolve a terceirização de monitoramento e gerenciamento de segurança de TI para fornecedores especializados. Um dos principais fornecedores de MSS é a Fortinet, uma empresa especializada no fornecimento de soluções de segurança de rede e proteção contra ameaças cibernéticas. A importância do MSS na segurança digital empresarial reside na sua capacidade de fornecer: 

 

Monitoramento Contínuo: O monitoramento contínuo no contexto dos Serviços de Segurança Gerenciada (MSS) refere-se à prática de monitorar constantemente a infraestrutura de TI de uma empresa em busca de atividades suspeitas ou anormais. Isso envolve a coleta de dados de diversas fontes, como logs de sistemas, tráfego de rede e eventos de segurança, e a análise desses dados em tempo real para identificar possíveis ameaças à segurança. O objetivo é detectar qualquer atividade maliciosa ou comportamento incomum ou o mais rápido possível, permitindo uma resposta imediata.

 

Detecção de Ameaças em Tempo Real: A detecção de ameaças em tempo real é uma funcionalidade crítica do MSS. Ela envolve o uso de tecnologias avançadas, como análise de comportamento e assinaturas de ameaças, para identificar ameaças cibernéticas no momento em que ocorrem. Isso significa que, assim que uma atividade suspeita for detectada, o sistema emite alertas imediatos para que possam ser tomadas as medidas imediatas para conter a ameaça e proteger os ativos da empresa.

 

Resposta Rápida a Incidentes: A resposta rápida a incidentes é uma parte fundamental dos MSS. Quando uma ameaça é detectada, a equipe de segurança precisa agir rapidamente para mitigar o impacto e minimizar os danos. Isso pode envolver a interrupção de atividades maliciosas, a correção de vulnerabilidades exploradas e a coleta de evidências para investigação. A resposta rápida a incidentes visa restaurar a normalidade da operação o mais rápido possível e evitar prejuízos significativos.

 

As características do MSS incluem:

Firewall Gerenciado: Um firewall gerenciado é um componente dos MSS que controla o tráfego de rede, permitindo ou bloqueando o acesso com base em regras de segurança predefinidas. Esse firewall é gerenciado por especialistas em segurança cibernética, que monitoram e ajustam constantemente as regras de acordo com as necessidades da empresa. O firewall gerenciado desempenha um papel crucial na proteção da rede contra ameaças externas, como ataques de hackers e malwares.

 

Detecção de Intrusões: A detecção de intrusões é uma funcionalidade do MSS que visa identificar tentativas não autorizadas de acesso a sistemas ou redes. Ela analisa o tráfego de rede em busca de padrões suspeitos ou comportamentos maliciosos que possam indicar uma intrusão. Quando uma intrusão é detectada, o sistema emite alertas para que a equipe de segurança possa investigar e responder às ameaças.

 

Gerenciamento de Vulnerabilidades: O gerenciamento de vulnerabilidades no contexto dos MSS envolve a identificação e o tratamento de fragilidades em sistemas e aplicativos da empresa que poderiam ser explorados por invasores. Isso inclui a avaliação regular de sistemas em busca de vulnerabilidades, a aplicação de patches de segurança e a implementação de medidas de mitigação. O objetivo é manter os sistemas protegidos contra ataques que exploram fraquezas conhecidas.

SIEM (Monitoramento de Segurança)

O SIEM, ou Monitoramento de Segurança, é uma abordagem mais focada na análise de registros e eventos de segurança em toda a infraestrutura de TI. Entre os principais fornecedores de SIEM incluem o Splunk, uma empresa líder no setor de análise de dados e segurança da informação que conta com soluções inovadoras que permitem às organizações indexar, pesquisar e analisar grandes volumes de dados de maneira eficiente. O SIEM é crucial na cibersegurança empresarial, pois oferece: 

Insights Valiosos sobre o Ambiente de Segurança da Empresa:

Referem-se às informações graves e contextuais relevantes que o Sistema de Informações e Gerenciamento de Eventos de Segurança (SIEM) pode fornecer sobre a postura de segurança de uma organização. Isso inclui a compreensão da atividade de rede, do comportamento dos usuários, da análise de logs e eventos, além da identificação de anomalias ou padrões suspeitos. Esses insights são cruciais porque ajudam a empresa a ter uma visão abrangente de sua postura, identificando possíveis ameaças antes que causem danos significativos.

Detecção Proativa de Ameaças: Refere-se à capacidade do SIEM de identificar ameaças potenciais de segurança antes que elas se transformem em incidentes graves. O SIEM realiza isso por meio da análise contínua de dados de segurança, buscando indicadores de comprometimento ou atividades suspeitas. A detecção proativa permite que as equipes de segurança se aproximem rapidamente para mitigar ameaças antes que elas causem danos significativos à empresa, tornando-se uma parte essencial da estratégia de cibersegurança empresarial.

As características do SIEM incluem:

Coleta de Dados: Envolve a aquisição e agregação de informações de diversas fontes dentro da infraestrutura de TI da empresa. Isso inclui logs de sistemas, registros de eventos de segurança, fluxos de rede e outras fontes relevantes. A coleta de dados abrangente é fundamental para que o SIEM tenha acesso a informações suficientes para realizar análises realizadas e identificar atividades suspeitas ou ameaças em potencial.

Brilho de Eventos: Refere-se à capacidade do SIEM de analisar eventos de segurança e destacar aqueles que são considerados relevantes ou suspeitos. Essa funcionalidade permite que as equipes de segurança se concentrem em atividades que possam representar ameaças reais, em vez de se sobrecarregarem com informações irrelevantes. O brilho dos eventos ajuda a priorizar a resposta a incidentes, economizando tempo e recursos.

Alertas Personalizáveis: Permitem que as organizações configurem notificações específicas de acordo com suas necessidades e políticas de segurança. Isso significa que as equipes de segurança podem definir alertas para eventos ou comportamentos que sejam considerados críticos ou suspeitos em seu ambiente. Os alertas personalizáveis garantem que as ameaças em potencial sejam identificadas e comunicadas rapidamente, permitindo uma ação imediata.

Relatórios detalhados: Os “relatórios detalhados” são documentos que fornecem uma visão abrangente das atividades de segurança e incidentes no ambiente da empresa. O SIEM gera relatórios que incluem análises de tendências, análises de segurança, eventos significativos e informações sobre a eficácia das medidas de segurança. Esses relatórios são importantes para a tomada de decisões, auditorias de segurança e demonstração de conformidade com regulamentações. Eles permitem que as empresas tenham uma compreensão completa de sua postura de segurança e tomem medidas adequadas para melhorá-la.

Battlecard: MSS vs. SIEM

Vamos comparar as soluções de MSS (Serviços de Segurança Gerenciada) e SIEM (Monitoramento de Segurança) para ajudá-lo a decidir qual delas é a melhor opção para sua empresa. Cada uma dessas abordagens tem suas vantagens e desvantagens, e a escolha dependerá das necessidades e objetivos específicos de sua organização.

MSS (Serviços de Segurança Gerenciados)

Monitoramento Contínuo: Oferece monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana, garantindo que sejam ameaças detectadas em tempo real.

Resposta Rápida a Incidentes: Equipes de segurança especializadas estão prontas para responder imediatamente a ameaças.

Alívio de Carga de Trabalho: Terceirização do gerenciamento de segurança libera sua equipe interna para se concentrar em outras tarefas.

SIEM (Monitoramento de Segurança)

Análise de Dados Profunda: Oferece insights valiosos sobre o ambiente de segurança da empresa, identificando padrões e anomalias.

Personalização: Permite configurar alertas personalizáveis de acordo com as necessidades da empresa.

Visibilidade Ampla: fornece uma visão abrangente de eventos de segurança em toda a organização.

Escolhendo a Melhor Opção:

A escolha entre MSS e SIEM depende das necessidades e recursos de sua empresa. Para uma organização que busca proteção em tempo real e resposta rápida a incidentes, o MSS é uma opção sólida. Ele oferece um serviço completo de monitoramento e gerenciamento de segurança cibernética, aliviando a carga de trabalho interno.

Por outro lado, se sua empresa valoriza análises divulgadas, detecção proativa de ameaças e customização, o SIEM pode ser mais adequado. Ele fornece insights valiosos sobre o ambiente de segurança e permite que você adapte uma solução às suas necessidades específicas.

Infoprotect: A Sua Escolha Ideal

A Infoprotect é a fornecedora ideal de cibersegurança para sua empresa. Nossa abordagem personalizada combina as vantagens do MSS e do SIEM, oferecendo proteção em tempo real e análise de dados aprofundada. Com nossa experiência, estamos comprometidos em manter sua empresa segura.

 

A escolha entre MSS e SIEM depende das necessidades exclusivas de sua empresa. Não há uma única solução para todos. O importante é investir em cibersegurança e encontrar um parceiro confiável, como a Infoprotect, para manter seus ativos seguros. Qual é a melhor opção para você? Reflita sobre as necessidades de sua empresa e tome uma decisão informada para garantir a segurança digital contínua.

 

Como sua empresa está abordando a cibersegurança atualmente? Ela está aproveitando ao máximo as soluções de MSS e SIEM disponíveis? É hora de reavaliar e garantir que sua estratégia de cibersegurança esteja atualizada com as ameaças digitais em constante evolução.



MSS vs. SIEM: Qual é a Melhor Opção para sua Empresa? Read More »