vpn

FortiGate vs. FortiAnalyzer vs. FortiManager: Uma Análise Profunda das Soluções de Cibersegurança

No universo em constante evolução da cibersegurança, a escolha das ferramentas certas para proteger ativos digitais e dados valiosos torna-se crucial. Três nomes ressoam com destaque nesse cenário, todos eles associados à Fortinet, uma empresa líder em soluções de segurança da informação e infraestrutura de rede. Os produtos FortiGate, FortiAnalyzer e FortiManager oferecem um conjunto único de recursos e funcionalidades para enfrentar os desafios da cibersegurança. O FortiGate atua como um firewall de próxima geração, bloqueando ameaças e oferecendo VPN segura, enquanto o FortiAnalyzer coleta e analisa logs para identificar atividades suspeitas e anormais. Por sua vez, o FortiManager coordena o gerenciamento centralizado de políticas de segurança, orquestrando uma estratégia coesa. Neste artigo, mergulharemos em uma análise abrangente dessas soluções, explorando suas características distintas, suas áreas de especialização e como podemos trabalhá-las juntas para criar uma defesa sólida contra ameaças virtuais.

FortiGate: A Primeira Linha de Defesa

FortiGate: A Primeira Linha de Defesa

Firewall de Próxima Geração:FortiGate atua como um escudo robusto contra ameaças externas, usando tecnologias de firewall de próxima geração para inspecionar o tráfego em busca de atividades maliciosas. Ele identifica e bloqueia invasões em tempo real, garantindo que apenas o tráfego legítimo alcance sua rede.

 

VPN Segura: A funcionalidade de VPN no FortiGate permite conexões seguras entre locais remotos, fornecendo uma comunicação criptografada. Isso é especialmente valioso em ambientes de trabalho distribuídos, onde a segurança da comunicação é crucial.

 

Prevenção de intrusões: O FortiGate emprega mecanismos avançados de prevenção de intrusões para identificar e neutralizar tentativas de exploração de vulnerabilidades em sistemas e aplicativos. Isso ajuda a evitar que os invasores tenham acesso não autorizado.

FortiAnalyzer: A Visão Detalhada das Atividades

Análise de Logs: O FortiAnalyzer coleta e analisa registros de eventos de segurança, permitindo que as equipes de TI identifiquem padrões de atividades ou anomalias que podem indicar uma possível violação.

 

Monitoramento de Tráfego: Compreender o fluxo de tráfego em uma rede é essencial. O FortiAnalyzer fornece insights visuais detalhados sobre o tráfego de rede, ajudando a identificar gargalos e pontos perdidos.

 

Detecção de Anomalias: usando o aprendizado da máquina, o FortiAnalyzer pode detectar comportamentos anômalos, destacando atividades que não se alinham com o padrão normal da rede. Isso ajuda a prevenir ameaças internas e externas.

FortiManager: Orquestrando a Defesa

Gerenciamento Centralizado:FortiManager simplifica a administração de políticas de segurança em toda a infraestrutura. Com um painel centralizado, as atualizações e alterações podem ser integradas de forma consistente em todos os dispositivos.

 

Políticas de segurança: definir políticas de segurança é vital. O FortiManager permite a criação, aplicação e revisão contínua dessas políticas, garantindo que a rede esteja sempre protegida de acordo com os requisitos.

 

Atualizações de Firmware: Manter os dispositivos atualizados é fundamental para a segurança. O FortiManager facilita o gerenciamento das atualizações de firmware, garantindo que as correções mais recentes sejam aplicadas.

FortiGate vs. FortiAnalyzer vs. FortiManager: O Battlecard das Diferenças

Aspecto

FortiGate

FortiAnalyzer

FortiManager

Função principal

Firewall e Prevenção

Análise de Logs

Gerenciamento Centralizado

Ênfase

Defesa Externa

Monitoramento de Atividades

Gerenciamento de Políticas

Recursos Notáveis

VPN, Prevenção de Intrusões

Detecção de Anomalias

Atualizações de Firmware

Integração

Compatível com Ambos

Dados do FortiGate

Integração com FortiGate

Reflexão e Sugestão de Mudança

À medida que as ameaças cibernéticas se multiplicam em complexidade e alcance, a necessidade de uma abordagem holística para a cibersegurança se torna mais urgente do que nunca. Integrar FortiGateFortiAnalyzer FortiManager em uma estratégia unificada de defesa cibernética pode criar uma barreira formidável contra ataques. Afinal, assim como uma sinfonia precisa de vários instrumentos para criar uma melodia harmoniosa, a cibersegurança também exige uma sinergia cuidadosa de soluções para manter uma rede segura e resiliente.

Infoprotect: Sua Parceira em Cibersegurança

Quando se trata de implementar e gerenciar as soluções de cibersegurança, principalmente aquelas que são desenvolvidas pela Fortinet, a Infoprotect se destaca como a fornecedora ideal. Com o nosso profundo conhecimento e experiência, oferecemos suporte para aproveitar ao máximo os recursos do FortiGate, FortiAnalyzer e FortiManager. Seja protegendo dados resistentes, detectando ameaças emergentes ou orquestrando uma defesa coesa, a Infoprotect é a parceira que pode levar a segurança de suas informações para o nível mais alto.

Diante da crescente ameaça ligadas à segurança das informações, como a integração dessas soluções Fortinet pode beneficiar organizações em busca de proteção abrangente? Como você vê o futuro da cibersegurança diante das constantes evoluções tecnológicas e das estratégias de ataque cada vez mais criativas?

Por que utilizar VPN em sua máquina?

A VPN em sua máquina pode ser muito importante para você conseguir navegar com segurança na internet.

De modo que, muitas pessoas não conhecem ou até mesmo nunca ouviram falar sobre a VPN.

Então, iremos lhe mostrar por que você deve utilizar a VPN em sua máquina, e porque ela é tão importante.

Você sabe realmente o que é VPN?

A sigla VPN vem do inglês que é a abreviação de Virtual Private Network, que traduzida para o português significa Rede Privada Virtual.

De modo que, é uma tecnologia que faz a comunicação segura da máquina com a internet.

A VPN é uma rede diferente das redes padrões, pois ela usa criptografia de dados para mandar a sua rede segura.

Em outras palavras, para que a sua máquina consiga acessar a internet sem que o seu provedor registre as suas atividades, a VPN cria um tipo de túnel encriptado.

Então, quando você utiliza a VPN a sua navegação se torna irrastreável e também anônima.

Você sabe para que serve a VPN em sua máquina?

Podemos dizer que a VPN, em primeiro lugar, serve para estabelecer uma navegação na internet segura e também para garantir a sua proteção de dados.

Além disso, a VPN em sua máquina pode ser utilizada para acessar sites bloqueados e mudar a localização do IP.

Pode ser utilizada também para aumentar a sua segurança, protegendo a sua privacidade quando você acessa a internet através de redes públicas.

As empresas que precisam proteger seus dados, quando se tem uma comunicação de pontos remotos, encontram na VPN muitos recursos que podem ser utilizados.

Como funciona a VPN em sua máquina?

Podemos dizer de uma forma simples e resumida, que a VPN é a responsável pela construção de uma espécie de túnel entre a sua máquina e a internet.

De modo que, ao passar por esse túnel todas as informações são transmitidas de forma anônima e privada, nem mesmo os hackers conseguem invadir esse tipo de conexão que é feita pela VPN.

Abaixo, iremos explicar com um exemplo para que assim você possa compreender melhor de como funciona a VPN.

Sem o VPN

Quando você entra em um aplicativo ou site, automaticamente o seu celular ou sua máquina faz a conexão com um provedor, fazendo assim que ele seja informado que você está acessando determinado aplicativo ou site.

Portanto, o provedor faz uma comunicação com a internet e faz o retorno das informações para a sua máquina, liberando assim que você entre nessa aquela página em específico.

Ao entrar no site, todas as suas atividades dentro dessa rede são registradas por esse provedor e também podem ser rastreadas.

Na maioria das vezes, é dessa maneira em que os sites conseguem fazer um mapeamento demográfico de que são os seus visitantes e também conseguem extrair outros dados de analytics.

Desta forma, a possibilidade de inovação durante uma transmissão de dados é grande, pois a comunicação é aberta e rastreável.

Com o VPN

Quando você acessa a internet utilizando a VPN em sua máquina, nada do que foi descrito acima acontece. De modo que, quando você está com a VPN, a única informação que o provedor terá é que você está conectado a um servidor remoto. Servidor remoto este que pode estar localizado em qualquer lugar do mundo, então é só essa informação que o provedor terá de você.

Então com a VPN tudo que você fizer quando se conectar a um site ou aplicativo estará protegido.

Além disso, todos os dados fornecidos são preservados sob criptografia, que são transmitidos através dos túneis que os isolam de possíveis invasões.

Por que utilizar VPN em sua máquina?

Os motivos para convencer você a utilizar o VPN em sua máquina são muitos, por isso abaixo separamos somente os principais.

Importante ressaltar que a VPN pode ser utilizado conexões domésticas de uso pessoal como também em empresas.

Para ter mais segurança

Como primeiro motivo, podemos citar a proteção e segurança que você terá de todos os seus dados ao utilizar a VPN.

De modo que, você poderá navegar ou trabalhar com mais tranquilidade sabendo que todas as suas informações estarão seguras.

Para ter mais privacidade

Muitas pessoas acreditam que ter uma privacidade dentro da internet é um exagero, só que na verdade é muito importante ter a sua privacidade garantida.

Hoje em dia, um dos maiores produtos negociados na internet são a extração e venda de dados privados de usuários.

Então, se você deseja navegar tranquilo sem que ninguém saiba onde você está entrando, a VPN é ideal.

De modo que, a VPN coloca uma “máscara” em seu IP fazendo assim que o servidor remoto que você estiver navegando não seja rastreado.

Desta forma, toda a sua privacidade ao acessar algum site, aplicativo ou fazer compras estará protegida.

Ter acesso a sites censurados ou bloqueados pelo firewall

É muito comum a existência de diversos sites que são proibidos o seu acesso em determinados países.

Um dos exemplos é o Google que é proibido na China, além disso, existem também diversos conteúdos artísticos que não podem ser acessados por motivos judiciais.

Então, quando você usa a VPN em sua máquina ela burla essa proibição, fazendo com que você consiga acessar o site.

Isso só é possível por que quando você se conecta a um servidor remoto na França por exemplo.

O endereço de IP que será passado para o provedor estará hospedado na França, permitindo assim que você tenha acesso a todo conteúdo daquele país.

Então, quando você quiser acessar um conteúdo bloqueado em seu país, é só escolher um servidor que esteja hospedado em um país que o conteúdo esteja liberado.

Importante ressaltar que todos os sites que forem censurados por firewall, você consegue ter acesso utilizando a VPN em sua máquina.
Scroll to Top